NotíciasResumo de notícias
0

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA SEMANA (01/04/2021 a 08/04/2021)

Noticias Agro

Veja as principais notícias da semana no mundo Agro.

Acompanhe na integra as principais notícias do mundo agro no nosso Portal. Fique informado e compartilhe nas suas redes sociais.

Notícias gerais

Noticias da Semana

Mato Grosso chega na reta final da colheita da soja

De acordo com o acompanhamento da colheita realizado pelo Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), o estado do Mato Grosso já colheu praticamente toda a safra de soja.

Dos 10,3 milhões de hectares semeados, 99,4% já estão colhidos. Cenário similar à média dos últimos 5 anos que é de uma área colhida de 99,2% no mesmo período.

Segundo o levantamento do Imea, três regiões já concluíram a colheita, sendo elas as regiões Noroeste, Norte e Oeste, e dentre as regiões que ainda faltam terminar a colheita estão: região Médio – Norte (99,97%), seguida da região Nordeste (99,23%), região Centro Sul (98,76%) e pôr fim a região Sudeste (98,22%).

Ver mais: https://bucket-xiruexterno-2.s3.sa-east-1.amazonaws.com/4/696277349624840192/1117242747705565184-.pdf?X-Amz-Expires=432000&X-Amz-Algorithm=AWS4-HMAC-SHA256&X-Amz-Credential=AKIAIOZVUSV4HGV74RLA/20210409/sa-east-1/s3/aws4_request&X-Amz-Date=20210409T175605Z&X-Amz-SignedHeaders=host&X-Amz-Signature=f8f1fdf744c6f5bc859bf0403bb4c21ad015398eb4f72331b165f483863be5b7

Parceria realizada pela Embrapa vai mapear os Sistemas Agroflorestais e os cultivos perenes na região do Pará

Uma parceria firmada entre a Embrapa e o Programa Sevir-Amazômica vai mapear no estado do Pará os sistemas agroflorestais e a agricultura perene de cacau, dendê, açaí e citros. O programa irá reunir tecnologia geoespacial de ponta que será aplicada na região para auxiliar na tomada de decisão por parte de prefeituras, instituições e comunidades locais.

Segundo o chefe geral da Embrapa Amazônia Oriental, Adriano Venturieri, este mapeamento terá como objetivo, preencher lacunas de informações e aprimorar os sistemas de monitoramento da cobertura e uso do solo na Amazônia. Ainda de acordo com Venturi, a ideia é juntar as imagens de sensores mais precisos com validações de campo, para desenvolver algoritmos de classificação da cobertura vegetal e dessa forma automatizar o mapeamento.

O trabalho está previsto para ser desenvolvido em dois anos, e será realizado em nove municípios paraenses, gerando produtos e serviços de forma permanente na região a partir do uso de imagens públicas e da capacitação de equipes locais.

Ver mais: https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/60340666/nova-parceria-vai-mapear-sistemas-agroflorestais-e-cultivos-perenes-na-amazonia

 Infestação do percevejo barriga-verde vem causando prejuízos à cultura do milho no Mato Grosso

 Uma infestação de percevejos barriga-verde está causando danos nas lavouras de milho e trazendo preocupação aos produtores do Mato Grosso. Com isso alguns produtores dobraram as aplicações de inseticidas, pois os danos podem causar redução de até 50% na produtividade. Em algumas áreas os produtores relatam que já ocorreram perdas de até 25 sacas/ha.

Outro aspecto levantado por alguns produtores é sobre a eficiência dos princípios ativos, pois as doses tiveram que ser aplicadas em dobro para o controle do inseto praga.

Segundo o diretor administrativo da Aprosoja-MT, Zito Donadello, os produtores realmente estão preocupados com a qualidade das moléculas e solicita que o Ministério da Agricultura faça uma melhor averiguação sobre os produtos destinados ao controle do percevejo, já que algumas empresas relatam que os seus produtos só possuem 80% de eficácia.

De acordo com a entomologista da Fundação-MT, Lucia Vivan, é importante que se faça um bom manejo, com aplicações no momento certo, desta forma, é possível garantir o controle da praga.

Outro ponto destacado pela entomologista é o monitoramento da população nos estágios iniciais da cultura do milho, não esperando o aparecimento de danos visíveis, pois o dano é perceptível apenas quando a folha se expande, mas nesse momento o prejuízo é irrecuperável.

Ver mais: https://www.canalrural.com.br/programas/informacao/mercado-e-cia/milho-percevejo-barriga-verde-prejuizo-mt/

Brasil pode ter superado o recorde de exportação de soja para o mês de março

De acordo com dados preliminares divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (SECEX), o país pode ter exportado no mês de março aproximadamente 13,4 milhões de toneladas de soja, o que rendeu US$ 5,3 bilhões. Resultado que significa a quebra de um recorde das exportações de soja neste mês.

O atual recorde pertencia ao mês de março de 2020, quando o país exportou 10,8 milhões de toneladas do grão, os quais renderam, US$ 3,7 bilhões.

A média paga por tonelada de grão exportado em março de 2021, ficou em US$ 397,1, já no mesmo período do ano passado a média foi de US$ 344,8 por tonelada.

Ver mais: https://www.canalrural.com.br/projeto-soja-brasil/soja-em-grao-brasil-quebra-recorde-de-exportacao-para-o-mes-de-marco/

Tocantins está em terceiro lugar na produção nacional de arroz

O Tocantins vem ganhando destaque na produção de arroz e atualmente está ocupando a terceira posição como maior produtor do cereal no país.

Fato que se deve principalmente ao desenvolvimento de pesquisas da Embrapa em conjunto com instituições parceiras, que desenvolveram cultivares específicas para a região. Atualmente 90% das sementes de arroz semeadas no Tocantins são especificas para o estado, sendo cultivadas em cultivo irrigado e em terras altas.

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) e a Embrapa estão trabalhando em parceria para a geração de uma variedade de arroz legitimamente tocantinense, a BRS TO, que deverá estar disponível para os produtores nas próximas safras.

Para o Tocantins, a Embrapa atualmente oferece tanto variedades de arroz para o cultivo irrigado (BRS Catiana, BRS Pampeira, BRS A702 CL e BRS A 704) quanto para o cultivo em terras altas (BRS A501 CL e BRS A502), sendo que a BRS Pampeira está em mais da metade da área de arroz no estado.

Ver mais: https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/60462076/ciencia-leva-o-tocantins-ao-terceiro-lugar-na-producao-nacional-de-arroz?link=agencia

Virose transmitida pela mosca branca pode provocar perdas de até 100% em lavoura de tomate

A begomovirose é uma das doenças que mais preocupam os produtores de tomate. Trata-se de uma virose transmitida através da alimentação do inseto-vetor, conhecido como mosca branca (Bemisia tabaci).

Os principais sintomas desta doença são: a) o clareamento das nervuras; b) manchas cloróticas nas folhas, que variam de mosqueado a mosaico intenso; c) deformação e enrolamento das folhas; d) diminuição da área foliar; e) nanismo; f) redução do tamanho e da quantidade de frutos; e g) paralisação do crescimento, em casos severos.

Segundo a Embrapa, experimentos estão sendo desenvolvidos com o intuito de avaliar o comportamento do vírus perante as medidas preventivas adotadas para reduzir os danos causados pelo Begomovírus Tomato Severe Rugose Vírus (ToSRV), transmitido pela mosca-branca à cultura do tomateiro, e que pode provocar perdas de até 100% da área.

Ver mais: https://www.agrolink.com.br/noticias/begomovirus-em-tomateiro-pode-provocar-perdas-de-ate-100–da-lavoura_448395.html

Perdas por ataque de cigarrinha-do-milho chegam a 20% em SC

Conforme dados estimados pela Secretaria de Agricultura do estado de Santa Catarina (SC), os danos causados pela cigarrinha-do-milho apontam para uma quebra de 20% na produção esperada de milho. As cigarrinhas-do-milho já vêm causando problemas desde a última safra, quando o estado também teve problemas com a estiagem.

De acordo com o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepaf), os produtores de SC deixarão de colher 800 mil toneladas de milho, especialmente na região de Chapecó e São Miguel do Oeste.

Segundo a Secretaria da Agricultura, com o objetivo de reduzir a incidência do inseto-praga no estado, será montado um grupo para o monitoramento constante e a melhoria na comunicação com os produtores. Além de comunicar os órgãos de defesa vegetal quando surgirem sintomas do enfezamento e do aparecimento de cigarrinha na região.

Ver mais: https://www.canalrural.com.br/noticias/sc-perdas-no-milho-podem-chegar-a-20-apos-ataque-da-cigarrinha/

Notícias clima

Segunda quinzena de abril pode ter geadas e afetar a segunda safra de milho

O final de semana será marcado por instabilidades no Sul do Brasil, em decorrência do avanço de uma frente fria. No Estado do Paraná algumas pancadas de chuvas podem ser registradas, e estas serão muito importantes pois os produtores de soja já estão enfrentando os efeitos da falta de umidade.

Já na segunda quinzena de abril há previsão de duas ondas de frio que podem causar geadas nas áreas de milho segunda safra do norte do estado de Santa Catarina e no sul do estado do Paraná.

Ver mais: https://www.canalrural.com.br/noticias/tempo/geadas-abril-milho/

Noticias sobre o Mercado

Noitecias Mercado Agro

Março é marcado pelo recorde de preço na cultura do milho

O mês de março foi caracterizado por seguidas renovações dos preços recordes do milho em muitas regiões acompanhadas pelo Cepea.

De acordo com o indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP), março fechou com a saca de milho de 60Kg cotada à R$ 93,71, acumulando um aumento de 9,72% no mês.

Os preços internacionais elevados, mantiveram a paridade de exportação, sustentando também os valores no Brasil.

Ver mais: https://cepea.esalq.usp.br/br/diarias-de-mercado/milho-cepea-mesmo-com-colheita-marco-e-marcado-por-precos-recordes.aspx

Brasil exportou 294,5 mil toneladas de milho no mês de março, resultado 38% menor que em março de 2020

Em março o país exportou 294,5 mil toneladas de milho, comparado ao mesmo período do ano anterior o resultado foi 38% menor.

A receita com as vendas ao exterior atingiu no mês de março US$ 74,9 milhões, 17% menor comparado com o mesmo período no ano de 2020.

Essa baixa no volume exportado durante o mês de março aponta a natural desaceleração durante o primeiro semestre.

Em março de 2021 o preço médio pago por tonelada exportada de milho foi de US$ 254,30, valor 33,8% maior que o verificado em março de 2020.

De acordo com Vlamir Brandalizze, analista de mercado, a queda na exportação do milho, pode estar atrelada a três fatores: menor oferta de milho nesta safra; aumento da exportação de soja, e os preços internos elevados.

Ver mais: https://www.canalrural.com.br/noticias/agricultura/milho/exportacao-milho-marco/

Conab alerta para baixos estoques de soja no Brasil e nos Estados Unidos

Em uma reunião virtual da câmara da soja que ocorreu no último dia 07/04, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)  apresentou os números de estoque de soja no Brasil e nos Estados Unidos.

A Conab estima que os estoques americanos estejam em níveis muito baixos, algo em torno de 3 milhões de toneladas, isso se a safra dos Estados Unidos não tiver nenhum problema.

Já no Brasil, a Conab estima produção de 125 milhões de toneladas em 2020, com consumo de 132 milhões de toneladas, gerando um déficit de 7 milhões de toneladas.

Com relação aos preços, a Conab aposta em preços da soja na Bolsa de Chicago acima de US$ 15 por buschel, com alta de 50% em relação à média histórica o qual é de US$ 10 dólares por buschel.

Ver mais: https://www.canalrural.com.br/programas/informacao/mercado-e-cia/soja-estoques-brasil-eua-baixos/

Tendência de alta para o Boi gordo

Um novo recorde foi registrado para o indicador do boi gordo do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a arroba ultrapassou R$ 360,00. O indicador no acumulado do ano teve alta de 18,32% e em 12 meses os preços alcançaram 55,71% de valorização.

Segundo o analista da Agrifatto Consultoria, Yago Travagini, as máximas estão sendo superadas a cada semana, e existe a tendência de chegar a R$ 320,00 a arroba, pois seguem firmes as negociações físicas do boi gordo. Ao longo prazo, a arroba pode chegar a R$ 326,00 no mês de outubro, de acordo com a projeção do indicador.

Ainda de acordo com o analista, a escassez na oferta é o principal motivo da alta nos preços.

Ver mais: https://www.canalrural.com.br/programas/informacao/rural-noticias/boi-gordo-escassez-da-oferta-aponta-tendencia-de-alta-no-longo-prazo-diz-consultoria/

 

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags: , , , , , , ,

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
LinkedIn
YouTube
Instagram
Menu