AgronegóciosEspecialistasProf. Dr. Omar Sabbag
0

PIB do Agro cresce 5.35% no 1° trimestre

PIB do Agro cresce 5.35% no 1° trimestre

(Transcrição Podcast)

Olá a todos! Vamos a mais um podcast Agro em Destaque em parceria com a Agro Insight, conteúdo de qualidade disponível em um só lugar.

Vamos ao nosso podcast de hoje, falando sobre a economia do Agro, afinal o produto interno bruto cresceu mais de 5% no primeiro trimestre. Então depois de alcançar um crescimento recorde em 2020, o produto interno bruto, que é o conhecido PIB do agronegócio brasileiro, calculado pelo Cepea que é o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada lá na Esalq, na USP, em parceria com a CNA Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil, teve alta de 5.35% no primeiro trimestre, agora em 2021.

Então, se considerarmos o desempenho até o momento do agronegócio e da economia brasileira como um todo, estima-se que a participação do setor no PIB total brasileiro pode ultrapassar os 30% ainda neste ano. Segundo os pesquisadores, o resultado observado no primeiro trimestre esteve atrelado ao forte crescimento de quase 8% no ramo agrícola tendo em vista que o pecuário recuou quase 2%. Então o bom desempenho do ramo agrícola se deve especialmente ao expressivo avanço de 14.7% do PIB no segmento primário, também conhecido como dentro da porteira, como potencial ainda de exportações de commodities.

Vale destacar que esse aumento do custo com insumos por um lado pressionou o PIB da Agricultura, mas por outro, resultou em avanço de quase 7% no segmento de insumos agrícolas. Já no ramo pecuário os resultados foram mais modestos ou mesmo de queda do PIB entre os seguimentos. Em geral, o avanço intenso os custos com insumos está correndo o PIB das cadeias pecuárias, especificamente a escalada dos grãos e os preços elevados de medicamentos e de combustíveis, pressionaram expressivamente às margens do segmento primário da pecuária. Nas agroindústrias, as valorizações dos animais vivos e de outros custos industriais, somadas a dificuldade de repassar esses aumentos, sobretudo no mercado doméstico, também tem pressionado as margens. Nesse cenário, o PIB da agroindústria pecuária acumulou uma queda de mais de 5% neste primeiro trimestre.

Para o setor de agroserviços, o PIB teve também uma queda de 6.3%, refletindo os resultados a montante. Então pelos pesquisadores do Cepea, indicam que no geral, os menores volumes de bovinos e de carne bovina produzidos e o estreitamento das margens da maioria das cadeias pecuárias diante de fortes elevações de custos, explicam esses resultados. Em sentido contrário o PIB do segmento de insumos pecuários foi impulsionado pelos maiores preços das rações e cresceu quase 16%.

Enfim ,é o agro em seus diferentes setores para uma cadeia produtiva, representando um enorme expressividade na economia brasileira.

Muito obrigado a todos! Acompanhe as nossas podcast e também siga no canal Agro Insight no Instagram.

Um grande abraço!

Professor Omar Sabbag.

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags:

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
LinkedIn
YouTube
Instagram
Menu