Monitoramento mundial das culturas

Seja bem-vindo(a) a Newsletter da Agro Insight, um espaço de artigos autorais e curadoria sobre tecnologias, sustentabilidade e gestão para o agro.

Se você ainda não é assinante, junte-se a mais de 8 mil profissionais do Agro, consultores e produtores rurais que recebem gratuitamente conteúdos de qualidade selecionados toda semana, adicionando o seu e-mail abaixo:

(Curadoria Agro Insight)

A curadoria de hoje traz uma atualização global sobre os cultivos do milho, arroz, soja e trigo.

As condições da colheita de soja e milho no Brasil são destaques na edição de março da publicação internacional Crop Monitor, uma iniciativa da Geoglam que analisa o movimento agrícola dos países membros do G20 para as culturas de milho, soja, trigo e arroz. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é uma das entidades responsáveis por alimentar o informativo de dados relativos ao Brasil. A previsão feita pela Companhia é utilizada por analistas de mercado global e compõe o relatório mensal AMIS Market Monitor (Agricultural Market Information System).

A publicação também destaca o progresso da safra para as culturas de primeira e segunda safras de milho e as condições de calor e seca que afetam a soja e milho no Rio Grande do Sul. A edição de março do Crop Monitor informa que as precipitações estão próximas da média na maior parte do país, apesar da previsão de chuvas abaixo da média em parte do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, norte do Rio Grande do Sul e sul de Minas Gerais.

Os dados são repassados mensalmente pela Conab para o chamado Geoglam, sigla em inglês que define o Grupo de Observação da Terra, responsável pelo Monitoramento Agrícola Global.

Monitoramento das culturas pela AMIS

No final de fevereiro, as condições são medianamente favoráveis para trigo, milho e soja, enquanto favoráveis ​​para o arroz. Para o trigo, as condições são medianas em partes da Federação Russa, Ucrânia, Estados Unidos e Índia. As condições do milho no hemisfério sul são medianas para a Argentina e o sul do Brasil. As condições do arroz são  favoráveis ​​na Índia e no Sudeste Asiático, enquanto na América do Sul são mistas. A soja permanece sob condições quentes e secas na Argentina e no sul do Brasil.

Mapa das condições das culturas sintetizando informações para todas as quatro safras AMIS em 28 de fevereiro. 

Visão geral das condições da colheita

Trigo – No hemisfério norte, o trigo de inverno está sob condições mistas em partes da Federação Russa, Ucrânia, Estados Unidos e Índia.

Milho – No hemisfério sul, inicia-se a colheita da safra precoce na Argentina, enquanto no Brasil avança-se bem na colheita da safra de primavera (menor estação) e na semeadura da safra de verão (temporada mais longa).

Arroz – Na Índia, o transplante da safra Rabi está encerrado. No sudeste da Ásia, a semeadura do arroz da estação seca está terminando nos países do norte, enquanto a colheita do arroz da estação chuvosa está progredindo mais rápido do que no ano passado.

Soja – No hemisfério sul, calor e seca pioram as condições na Argentina e no Rio Grande do Sul no Brasil.

Previsões

Influências Climáticas – O El Niño-Oscilação Sul (ENOS) está atualmente na fase La Niña. É provável uma transição para um estado ENOS neutro, com 94% de chance de condições neutras ENOS em março-abril-maio, de acordo com a previsão do IRI/CPC.

Argentina – No curto prazo (duas semanas), espera-se precipitação abaixo da média na próxima semana, seguida de precipitação próxima da média na segunda semana e previsão de longo prazo (três meses).

Brasil – A precipitação de março provavelmente será próxima da média em todo o país. No entanto, a previsão de longo prazo (três meses) é de chuvas abaixo da média em Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, norte do Rio Grande do Sul e sul de Minas Gerais.

Estados Unidos – A previsão de curto prazo (duas semanas) indica provável precipitação acima da média nas partes oeste e central do país, enquanto a previsão de longo prazo (três meses) indica apenas precipitação abaixo da média no sudoeste e Flórida, enquanto acima da média no leste do Centro-Oeste e no Meio-Atlântico.

Na UE, as condições são favoráveis ​​com o processo de endurecimento concluído na maioria dos países, enquanto avança no sul. No Reino Unido, as condições são favoráveis. NA Turquia, as condições são geralmente favoráveis, apesar da diminuição dos reservatórios de água devido ao inverno seco e quente. Na Ucrânia, choveu pouco no mês passado, mas há umidade suficiente no solo nesta época para iniciar o processo de vegetação na primavera. A guerra em curso continua a ser um fator importante nas regiões leste e sul. Na Federação Russa, as condições de seca permanecem no distrito do Volga e pioraram no sul do Cáucaso. Na China, o trigo de inverno continua em condições favoráveis. Na Índia, o trigo de inverno está sob condições geralmente favoráveis ​​à medida que a colheita começa em algumas regiões, no entanto, as temperaturas nas regiões de cultivo do norte e oeste subiram acima da média quando a safra entrou no estágio crítico de desenvolvimento do rendimento. Nos EUA, as condições de solo seco persistem nas Grandes Planícies centrais e meridionais. No Canadá, as condições são favoráveis.

BIBLIOGRAFIA E LINS RELACIONADOS

CROP MONITOR FOR AMIS. No. 103 – March 2023

CONAB – Companhia de Abastecimento. Condições da colheita de soja e milho no Brasil são destaques da Crop Monitor for AMIS

 

Se inscreva na nossa Newsletter gratuita

Espaço para parceiros do Agro aqui

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
LinkedIn
YouTube
Instagram