Microrganismos Solubilizadores de Fósforo (MSPs)

Controle biológico da Sclerotinia na soja

Seja bem-vindo(a) a Newsletter da Agro Insight, um espaço de artigos autorais e curadoria sobre tecnologias, sustentabilidade e gestão para o agro.

Se você ainda não é assinante, junte-se a mais de 8 mil profissionais do Agro, consultores e produtores rurais que recebem gratuitamente conteúdos de qualidade selecionados toda semana, adicionando o seu e-mail abaixo:

Os Microrganismos Solubilizadores de Fósforo (MSPs) desempenham um papel crucial na conversão do fósforo insolúvel presente no solo em uma forma acessível para as plantas, tornando-se, assim, essenciais na captação de fósforo.

Solubilizadores de fósforo: Você sabe o que é? - Agroinovadores

Uma variedade de microrganismos, incluindo bactérias e fungos, demonstrou eficiência na solubilização de fósforo. Cepas de Acinetobacter, Alcaligenes, Arthrobacter, Bacillus, entre outros, foram identificadas como solubilizadoras de fósforo, assim como gêneros de fungos como Aspergillus, Penicillium, e outros.

Além de sua função solubilizadora, os MSPs desempenham um papel crucial no crescimento e no rendimento das culturas. Eles produzem hormônios de crescimento, como auxinas e giberelinas, e ajudam na inibição de patógenos, contribuindo para a resistência das plantas ao estresse.

O fósforo no solo existe em formas orgânicas e inorgânicas, com apenas uma pequena fração disponível para absorção pelas plantas. O fósforo orgânico, proveniente da decomposição da biomassa, representa uma parcela significativa do fósforo total no solo, enquanto o inorgânico compreende fosfatos e minerais como fosfato de cálcio, fosfato de alumínio e fosfato de ferro. A dinâmica do fósforo no solo é complexa, sendo influenciada por processos como dissolução, precipitação, sorção e dessorção, bem como interconversão entre suas formas orgânicas e inorgânicas.

Os MSPs utilizam diversas estratégias para solubilizar fosfatos, incluindo exsudação de ácidos orgânicos, prótons e sideróforos, além da excreção de enzimas extracelulares e da mineralização do substrato. A interação entre bactérias e fungos na solubilização de fósforo insolúvel é particularmente benéfica, especialmente quando combinada com o uso de silício. Apesar dos avanços, a aplicação prática de MSPs enfrenta desafios, como a diversidade ecológica das espécies e a necessidade de isolamento e caracterização de novas cepas.

A introdução de tecnologias inovadoras e mais pesquisas são essenciais para uma utilização eficaz dos MSPs, que representam uma abordagem promissora para aumentar a disponibilidade de fósforo no solo e melhorar o rendimento das culturas, contribuindo para a sustentabilidade agrícola e ambiental.

Referência do texto: agroadvance 06/03/2024

Fonte da imagem: agro.genica 06/03/2024

PARA SABER MAIS CONFIRA O PODCAST DA AGROINSIGHT! 

Visite o canal! Deixe seu like, inscreva-se e compartilhe!

 

Se inscreva na nossa Newsletter gratuita

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags: fósforo, microrganismos, pesquisa científica, resistência da planta, solo, solubilização, soluções biológicas, tecnologias inovadoras

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
LinkedIn
YouTube
Instagram