Métodos de irrigação

Métodos de irrigação

Método de irrigação pode ser definido como a forma pela qual a água será disponibilizada às culturas de forma artificial. Existem quatro métodos: superfície, aspersão, localizada e subsuperficial ou subterrânea. Dentro de cada método existe dois ou mais sistemas de irrigação (Tabela 1).

Tabela 1. Métodos de irrigação e seus respectivos sistemas.

Método Sistema
Superfície
  • Inundação
  • Sulcos
Aspersão
  • Convencional
  • Mecanizado
Localizada
  • Gotejamento
  • Microaspersão
Subsuperficial/subterrânea
  • Gotejamento subterrâneo
  • Elevação do lençol freático

Fonte: Alex Becker Monteiro

Os métodos e sistemas de irrigação podem ser constituídos com maior ou menor grau de complexidade e nível tecnológico. Esta variação de métodos e sistemas está relacionada com a grande variabilidade de solos, clima, relevo, disponibilidade de água de boa qualidade, culturas, disponibilidade de energia e renda. Desta forma, é fundamental um planejamento prévio e estudo do tipo de solo, clima, água, energia e cultura para a escolha do método ideal  e seu sistema de irrigação, buscando a máxima eficiência no uso de água, energia e rendimento produtivo. Lembrando que cada método e sistema de irrigação apresenta suas vantagens e desvantagens.

A seguir serão apresentados os métodos de irrigação com suas principais vantagens e desvantagens.

1. IRRIGAÇÃO POR SUPERFÍCIE

A irrigação por superfície é o método mais antigo, há relatos que as primeiras civilizações realizavam a irrigação por superfície desviando rios para áreas inundáveis por meios de barragens ou canais de distribuição.

A irrigação por superfície consiste em distribuir a água diretamente na superfície do solo, cobrindo-o totalmente, caracterizando assim a irrigação por inundação (Figura 1A), esta é utilizada predominantemente nas lavouras de arroz irrigado no sul do Brasil, ou cobrindo parcialmente e conduzindo a água através de sulcos (Figura 1B).

Figura 1. Sistema de irrigação por inundação (A) e sistema por sulcos (B). Fonte: Google imagens.

A seguir serão apresentadas as principais vantagens e desvantagens do método por superfície (Tabela 2).

 

Tabela 2. Principais vantagens e desvantagens do método de irrigação por superfície.

Vantagens

Desvantagens

  • Baixo custo e nível tecnológico
  • Depende da topografia da área
  • Não sofre efeito do vento
  • Necessita sistematização da área ou suavização
  • Menor consumo de energia quando comparado com método de aspersão
  • Não é recomendado para solos com alta permeabilidade
  • Permite a utilização de água com sólidos em suspensão
  • Se mal planejado e mal manejado, pode apresentar baixa eficiência no uso da água

 2. IRRIGAÇÃO POR ASPERSÃO

A irrigação por aspersão é tipo de irrigação que simula a chuva através do transporte de água pressurizada por diferentes tipos de tubulações (ferro, alumínio, plástico) e é aplicada através de aspersores de diferentes formas, tamanhos e pressão de trabalho. Este método de irrigação começou se desenvolver no início do século XX, quando era utilizado para a irrigação de jardins. Com o passar do tempo este método começou a ser utilizado para irrigar pomares e outras culturas em geral.

Este método foi desenvolvido pela necessidade de irrigar áreas em que não era possível irrigar através dos sistemas de irrigação por superfície. Atualmente, existem diferentes sistemas de irrigação por aspersão. Estes podem ser sistemas portáteis ou semiportáteis, manual ou mecanizado, fixos estacionários ou permanentes (Figura 2).

Figura 2. Exemplo de diferentes sistemas de irrigação por aspersão. Fonte: Google imagens.

Esse método de irrigação apresenta grande adaptabilidade a diferentes texturas de solo, topografia e formas geométricas da área, além de maior eficiência no uso da água e possibilidade de um manejo adaptado à necessidade da cultura. As áreas irrigadas com métodos de irrigação por aspersão vêm aumentando continuamente em todo o mundo.

Na Tabela 3 serão apresentadas as principais vantagens e desvantagens do método de irrigação por aspersão.

Tabela 3. Principais vantagens e desvantagens do método de irrigação por aspersão.

Vantagens

Desvantagens

  • Adaptável a diversos tipos de textura de solo e topografia
  • Alto investimento inicial
  • Dispensa a sistematização da área
  • Pode sofrer influências do clima, em especial do vento
  • Pouca necessidade de mão-de-obra
  • Necessita de mão-de-obra qualificada
  • Permite a aplicação de diferentes taxas de irrigação
  • Necessita de água que não apresente sólidos em suspensão
  • É mais eficiente no uso da água quando comparado com o método de irrigação por superfície
  • Pode favorecer o aparecimento de doenças, por molhar muitas vezes as folhas
  • Pode ser transportado para diferentes áreas

3. IRRIGAÇÃO LOCALIZADA

O método de irrigação localizada, como o próprio nome faz referência, consiste na aplicação de água de forma localizada, ou seja, próxima ao sistema radicular das plantas. Neste método são aplicados baixos volumes de água e com alta frequência (Figura 3).

Figura 3. Sistemas de irrigação localizada. Fonte: Google imagens.

O primeiro relato da utilização da irrigação localiza foi na Alemanha no ano de 1860, no qual eram utilizados tubos de argila com duplo propósito, irrigação e drenagem. Esta tecnologia vem sendo bastante utilizada, pois aumenta o aproveitamento de água, evita desperdícios e permite a aplicação de fertilizantes via água (fertirrigação).

Este método é bastante difundido em regiões que apresentam solos com textura arenosa e com altas taxas evaporativas, como por exemplo em Israel. A irrigação localizada é bastante utilizada para irrigar culturas perenes, em especial as frutíferas, florestais (em viveiros), ornamentais e olerícolas. Neste método mantem-se uma proporção de área molhada que varia de 20-80% da área total.

A seguir serão apresentadas as principais vantagens e desvantagens do método de irrigação localizada.

Tabela 4. Principais vantagens e desvantagens do método de irrigação localizada.

Vantagens

Desvantagens

  • Economia de mão-de-obra
  • Custo de implantação
  • Distribuição mais uniforme da água
  • Exigência de um sistema de filtragem rigoroso
  • Possibilidade de aplicação de produtos químicos (fertirrigação)
  • Susceptibilidade de entupimento
  • Baixa perda por percolação, evaporação e deriva
  • Necessidade de um manejo rigoroso em áreas com solo salino
  • Economia de água e energia
  • Pode limitar o crescimento do sistema radicular se mal manejado
  • Elevada eficiência na aplicação de água (85-95%)

4. IRRIGAÇÃO SUBSUPERFICIAL/SUBTERRÂNEA

A irrigação subterrânea consiste na aplicação de água no sistema radicular das plantas ou abaixo. Neste método existem dois sistemas que podem ser utilizados: gotejamento subterrâneo ou elevação do lençol freático. No segundo, mantem-se o lençol freático a uma profundidade que permita um fluxo de água por capilaridade adequado para a planta, sendo o mais utilizado o sistema de gotejamento subterrâneo (Figura 4).

Figura 4. Irrigação subsuperficial/subterrânea. Fonte: Google imagens.

Na Tabela 4 serão apresentadas as principais vantagens e desvantagens do método de subsuperficial/subterrânea.

Tabela 4. Principais vantagens e desvantagens do método subsuperficial/subterrânea.

Vantagens Desvantagens
  • Apresenta alta eficiência e uniformidade
  • Alto custo de instalação
  • Economia de água, pois evita a evaporação
  • Susceptibilidade de entupimento
  • Diminui a incidência de plantas invasoras, pois mantém a superfície do solo seca
  • Exigência de um sistema de filtragem rigoroso
  • Facilita o tráfego de máquinas
  • Dificuldade de detecção de entupimentos

 

BIBLIOGRAFIA E LINKS RELACIONADOS

ANDRADE, C. L. T.; BRITO, R. A. L. Métodos de irrigação e quimigação. Embrapa Milho e Sorgo-Circular Técnica (INFOTECA-E), 2006.

 

 

 

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags: , , ,

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

outubro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
LinkedIn
YouTube
Instagram
Menu