CuradoriaTrigo
0

Manejo adequado do trigo pode reduzir os impactos negativos do clima

Seja bem-vindo(a) a Newsletter da Agro Insight, um espaço de artigos autorais e curadoria sobre tecnologias, sustentabilidade e gestão para o agro.

Se você ainda não é assinante, junte-se a mais de 8 mil profissionais do Agro, consultores e produtores rurais que recebem gratuitamente conteúdos de qualidade selecionados toda semana, adicionando o seu e-mail abaixo:

(Curadoria Agro Insight)

 Como minimizar os efeitos do El Niño sobre a cultura do trigo

(Joseani Antunes – Embrapa Trigo)

Trigo: boas práticas de manejo podem reduzir impactos do clima

A previsão de volta do El Niño nos próximos meses exige a gestão de riscos na triticultura. Apesar da incerteza sobre a magnitude dos impactos que o fenômeno poderá causar na safra de inverno na Região Sul, as boas práticas de manejo na lavoura podem ajudar a reduzir perdas em um ambiente com maior umidade.

Um levantamento da equipe de agrometeorologia da Embrapa Trigo avaliou os mapas de rendimento médio de trigo na Região Sul, base municipal do IBGE, para os eventos de El Niño nas safras 1982/1983, 1997/1998 e 2015/2016.

A comparação entre as décadas (anos 1980s x 1900s x 2000s) mostra que os impactos negativos verificados nos anos de El Niño são menores com o passar dos anos.

Algumas práticas de manejo que podem minimizar os impactos do El Niño na produção de trigo na Região Sul:
  • semear trigo em sistema de rotação de culturas, ou seja, dar preferência a áreas que tenham utilizado espécies não hospedeiras de doenças do trigo no inverno anterior (ex. aveia-preta, canola e nabo forrageiro);
  • intensificar o uso do inverno, com planejamento das áreas que permita cobertura do solo o ano todo, por meio do uso de culturas como o nabo forrageiro, entre o cultivo de verão e o trigo, permitindo ciclagem de nutrientes, redução da erosão e maximização do rendimento de grãos;
  • respeitar os períodos de semeadura, em cada região, conforme definidos pelo Zoneamento Agrícola de Riscos Climáticos (ZARC). Esses podem ser consultados, em escala municipal, nas portarias ZARC do MAPA ou pelo aplicativo ZARC Plantio Certo;
  • utilizar cultivares de ciclos diferentes semeadas em uma mesma época (dentro do calendário ZARC) para evitar que os períodos críticos da cultura ocorram no mesmo momento em todos os talhões/lavouras;
  • no caso do uso de somente uma cultivar (ou cultivares com mesmo ciclo), fazer o escalonamento de épocas de semeadura para evitar que fases como florescimento ou espigamento ocorram no mesmo momento em todos os talhões/lavouras;
  • evitar fazer a semeadura em solo excessivamente úmido, para reduzir o risco de ocorrência do mosaico-comum do trigo, dando preferência a cultivares com maior nível de resistência a essa virose e a áreas sem histórico da doença;
  • escolher cultivares com boa resistência geral a doenças e à germinação dos grãos em pré-colheita;
  • fazer o acompanhamento das previsões meteorológicas de curto prazo (maior nível de acerto) para tomada de decisões de manejo, como semeadura, aplicação de insumos e proteção de plantas nos momentos mais adequados;
  • fazer a divisão da dose de nitrogênio em cobertura para maximizar o aproveitamento desse nutriente e reduzir perdas por lixiviação e/ou escorrimento superficial;
  • realizar o monitoramento de doenças, com atenção especial para giberela, fazendo o acompanhamento da fenologia da planta e das condições ambientais, com a aplicação de fungicidas para proteção da espiga quando necessária (produtos e tecnologia de aplicação apropriados);
  • fazer a colheita tão logo seja possível, evitando a perda de qualidade tecnológica em função de chuvas possivelmente mais frequentes na primavera; e
  • fazer a contratação de seguro agrícola.

Fonte: Embrapa

Se inscreva na nossa Newsletter gratuita

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags: clima, trigo

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
LinkedIn
YouTube
Instagram