CuradoriaDoençaPragas
0

Com apoio de cães farejadores, auditores agropecuários apreendem cerca de 100 quilos de embutidos, pescados e sementes no aeroporto de Guarulhos, em SP

Principais pragas da cultura da videira: Cochonilhas, Ácaros e Mosca-das-frutas

Seja bem-vindo(a) a Newsletter da Agro Insight, um espaço de artigos autorais e curadoria sobre tecnologias, sustentabilidade e gestão para o agro.

Se você ainda não é assinante, junte-se a mais de 8 mil profissionais do Agro, consultores e produtores rurais que recebem gratuitamente conteúdos de qualidade selecionados toda semana, adicionando o seu e-mail abaixo:

Fiscalizações fazem parte da prevenção da ocorrência de peste suína africana, doença altamente contagiosa entre suínos, além de pragas causadas por vegetais

Com apoio de cães farejadores, auditores agropecuários apreendem cerca de 100 quilos de embutidos, pescados e sementes no aeroporto de Guarulhos, em SP - ANFFA SindicalAuditores fiscais federais agropecuários apreenderam cerca de 100 quilos de produtos de origem animal e vegetal no aeroporto de Guarulhos (SP) nesta semana. As fiscalizações contaram com o apoio de cães farejadores, que identificaram bagagens de passageiros vindos de voos internacionais, como de Lisboa, em Portugal, e de Adis Abeba, na Etiópia. Dentre os itens, foram encontrados embutidos, como presunto, bacon e jámon, totalmente proibidos de serem importados em razão da emergência mundial da peste suína africana.

De acordo com o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), a doença é altamente contagiosa entre suínos e pode, em caso de focos do vírus, dizimar criações do animal, afetar as exportações e, consequentemente, a economia nacional. O Brasil, entretanto, está livre da doença desde 1984.

Na lista das apreensões também estão queijos, pescados, como bacalhau in natura, sementes e raízes, que também não podem entrar no país. “A fiscalização visa garantir a segurança alimentar e prevenir a introdução de substâncias ou agentes prejudiciais à saúde pública, além de proteger a agricultura nacional contra possíveis doenças e pragas”, explicou o auditor agropecuário Montemar Shoussuke Onishi, que participou da fiscalização.

“Equipes K9”

Meg e Vamp são os cães farejadores do aeroporto de Guarulhos que integram as ações da semana. Os cães são treinados desde filhotes, em Brasília, no Centro Nacional de Cães de Detecção (CNCD), até se juntarem aos auditores, momento em que a equipe passa a ser apelidada de “K9”. Eles passam por testes de faros e outras habilidades para serem “promovidos ao posto”.

Com apoio de cães farejadores, auditores agropecuários apreendem cerca de 100 quilos de embutidos, pescados e sementes no aeroporto de Guarulhos, em SP | DE OLHO NA MÍDIAOs cães domésticos são considerados o melhor amigo do homem. Aqui, no nosso trabalho do dia a dia do aeroporto não é diferente. Os animais nos apoiam nas fiscalizações e nos surpreendem em agilidade, técnica e precisão”, acrescenta Montemar.

Os itens apreendidos seguem, agora, para incineração e os passageiros identificados com as mercadorias podem ser multados pelo descumprimento da legislação.

Acesse aqui vídeos da apreensão dos produtos.

 

CONTATO ASSESSORIA

FSB Comunicação

Shismênia Oliveira

shismenia܂oliveira@fsb܂com܂br

(61) 9 9233-9131

Se inscreva na nossa Newsletter gratuita

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags: auditores agropecuários, cães farejadores, fiscalização, Mapa

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
LinkedIn
YouTube
Instagram