Por mais mulheres na tecnologia: como a John Deere tem atraído o público feminino para o setor  

As mulheres na cadeia produtiva da soja

Seja bem-vindo(a) a Newsletter da Agro Insight, um espaço de artigos autorais e curadoria sobre tecnologias, sustentabilidade e gestão para o agro.

Se você ainda não é assinante, junte-se a mais de 8 mil profissionais do Agro, consultores e produtores rurais que recebem gratuitamente conteúdos de qualidade selecionados toda semana, adicionando o seu e-mail abaixo:

No domingo, 11 de fevereiro, a John Deere, empresa global de tecnologia que fornece software e equipamentos para os setores agrícola, de construção e florestal, se une à celebração do Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência. Trata-se de uma iniciativa global que busca destacar a importância da participação feminina nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM, na sigla em inglês). Desde 2016, a data é comemorada para impulsionar esforços em prol da igualdade de gênero, reconhecendo que ainda há desafios a serem superados. 

Dia Internacional da Mulher | LIPETRAL - John Deere - YouTube

Segundo a Unesco, mulheres representam apenas 30% dos cientistas, o que significa que, de cada 10 pesquisadores no mundo, apenas 3 são do gênero feminino. Daniele Martinatti faz parte desta estatística e é uma referência de liderança feminina na John Deere. Com 20 anos de experiência e formação em Ciências da Computação, ela atua há 10 anos no escritório de Indaiatuba (SP), onde hoje trabalha como scrum master, coach que facilita a adoção e a prática de princípios ágeis, garantindo a alta performance da equipe de TI. “Quando eu era criança, meu pai comprou um computador pessoal. Naquela época, a máquina era cara e ele não me deixava sequer ligar, mas meu interesse foi aumentando conforme eu via ele trabalhar. Na minha sala da faculdade tínhamos 30 alunos e, apenas 5, eram meninas. Agora, encontramos outra realidade, principalmente aqui na empresa”, contou. 

Grupos e programas de capacitação

Na companhia, Daniele também é cofundadora do grupo RockIT Girls, criado com o propósito de alavancar as relações femininas, empoderar as mulheres e aumentar a diversidade na empresa, em busca de igualdade de gênero. “Esse grupo é formado por mulheres de TI, mas as ações são voltadas para todas da companhia”, explica. 

Sheila Araújo, engenheira de software, também tem uma trajetória marcada pelo incentivo às mulheres na ciência. Além de participar do RockIT Girls, ela foi contratada após fazer parte do projeto “Women Can Code”, realizado em parceria com a Prosper Tech Talents. A iniciativa promove aulas gratuitas de JavaScript (uma linguagem de programação) apenas para o público feminino. E, na turma da Sheila, ela e mais outra aluna foram chamadas para ingressar na John Deere. 

Formada em Administração, Sheila viu nas aulas uma oportunidade de migrar para a área de tecnologia. Hoje, a profissional cursa Engenharia da Computação. “Para as futuras mulheres da Ciência, peço que elas não desistam. Se é o que faz brilhar os olhos, invistam nisso. Sintam-se abraçadas e incentivadas a continuar neste caminho”, conclui. 

Outras iniciativas John Deere

WomenREACH: O programa é formado e gerenciado por funcionárias para incentivar o desenvolvimento das mulheres, trocar experiências e reforçar pontos como inclusão e diversidade na companhia. As funcionárias também podem participar do Programa + Mulher 360 (MM360), que tem a missão de contribuir para o empoderamento econômico da mulher brasileira em uma visão 360º. Outras ações de destaque são o Women in Operations (WIO), dedicado a mulheres atuantes em operações, área que costuma oferecer mais resistência à participação feminina dentro de empresas. 

John Deere Inspire: O programa voluntário nasceu globalmente em 2011 com intuito de apoiar e incentivar os torneios de robótica da FIRST no mundo inteiro, onde se viu a oportunidade de despertar o interesse nestes jovens pelas áreas exatas, além de oportunizar aos funcionários da John Deere uma forma de serem voluntários, através do apoio aos alunos na troca de experiência sobre o mundo corporativo. O John Deere Inspire começou com a primeira equipe de robótica em 2015, no Brasil. É um programa que busca despertar o interesse para matérias relacionadas ao STEM (Science, Technology, Engineering, Mathematics) em jovens de 08 à 16 anos. As equipes podem ter entre 2 a 10 estudantes, que são desafiados a buscarem soluções do cotidiano em uma sociedade moderna. 

Sobre a John Deere

A Deere & Company é líder mundial no fornecimento de equipamentos para agricultura, construção e silvicultura. Ajudamos nossos clientes a superar os limites do possível de maneiras mais produtivas e sustentáveis para permitir que a vida possa avançar. Os produtos tecnológicos, incluindo o Trator Autônomo 8R, o sistema de pulverização See & Spray™ e a Retroescavadeira elétrica são algumas das soluções para atender à crescente necessidade mundial por comida, abrigo e infraestrutura. A Deere & Company também oferece serviços financeiros por meio do Banco John Deere.

Para mais informações sobre a Deere & Company, acesse link

Fonte da imagem: youtube 25/02/2024

Se inscreva na nossa Newsletter gratuita

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags: Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência, equipamentos, máquinas, mulheres na tecnologia, software

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
LinkedIn
YouTube
Instagram