Curadoria
0

Plataforma web auxilia produtores na regularização ambiental

(Curadoria Agro Insight)

O Novo Código Florestal – Lei nº 12.651 de 25/05/2012 – estabelece limites de uso das áreas dos imóveis rurais para que se mantenha o equilíbrio entre as dimensões ambiental e econômica na exploração agropecuária. A lei refere-se à proteção e preservação de florestas, matas ciliares, Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal. Além disso, regulamenta a exploração do uso da terra no Brasil, apoiado no fato de que este é um bem comum que deve ser devidamente utilizado e protegido.

Neste contexto, a Embrapa e a Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável-MMA, em cooperação com diversos especialistas de diferentes instituições parceiras, desenvolveram o WebAmbiental. O sistema de informação interativo tem como objetivo auxiliar a tomada de decisão de produtores rurais e técnicos, no processo de adequação ambiental.

De acordo com a secretária de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do MMA, Juliana Simões, a plataforma disponibiliza informações de como o produtor rural pode trabalhar para fazer a recomposição de áreas degradas, aponta as melhores tecnologias para que ele faça essa recuperação e também indica as espécies mais adequadas à área que será recuperada.

O que é?

O WebAmbiente é um sistema de informação interativo para auxiliar a tomada de decisão para adequação ambiental da paisagem rural. Ele contempla o maior banco de dados já produzido no Brasil sobre espécies vegetais nativas para recomposição ambiental, possibilitando a seleção de espécies lenhosas e herbáceas de acordo com os biomas nacionais e os atributos locais das áreas a serem recompostas.

Para Que Serve?

A ferramenta WebAmbiente auxilia nas ações necessárias para a recomposição da vegetação nativa nos diferentes biomas nacionais, tendo como base a localização e as condições atuais da área a ser recuperada informadas pelo usuário. O sistema sugere um conjunto de espécies e estratégias de plantios a serem utilizadas, além de boas práticas agrícolas que deveriam ser adotadas visando o sucesso das ações de recomposição.

Ao entrar no sistema, o usuário terá acesso à informações sobre espécies nativas para a recomposição de áreas degradadas, com riqueza de detalhes e ilustrações (nome científico, popular, hábito, fisionomia de ocorrência, distribuição geográfica, tipo de solo, técnicas de recuperação, melhor época de plantio, previsão do tempo, etc). O sistema vai sugerir ainda ao usuário um conjunto de boas práticas visando garantir o sucesso das ações de recomposição, complementando com a(s) estratégia(s) de recomposição e espécies mais adequada(s) às condições locais descritas pelo usuário. Assim, tendo em vista os Programa de Regularização Ambiental (PRAs), os usuários poderão planejar com mais segurança seus Projetos de recomposição de áreas degradadas ou alteradas (PRADA), assim como adotar outros usos da ferramenta para enriquecimento de áreas de remanescentes florestais e áreas de silvicultura para melhorar o potencial de manejo para produção madeireira e não madeireira, implantação de sistemas agroflorestais, etc.

O WebAmbiente auxiliará:

a) produtores rurais, para simular a adoção de técnicas de recomposição e projetar resultados e riscos esperados e formas de monitoramento dos plantios por pelo menos 10 anos da intervenção;

b) gestores públicos, como ferramenta para apoiar programas de regularização ambiental especialmente dos órgãos ambientais ou de agricultura;

c) técnicos e extensionistas públicos e privados, para planejar ações de assistência técnica rural aos agricultores em projetos ambientais diversos, envolvendo recomposição florestal ou implantação de sistemas agroflorestais;

d) instituições de ensino pesquisa e extensão, como material sistematizado para o desenvolvimento/aprofundamento de projetos de pesquisa, com o acesso a especificação científica detalhada das espécies e áreas de ocorrências, além de várias tecnologias de restauração testadas e validadas nos diferentes biomas nacionais, com potencial ainda para a realização de capacitações em Ensino a Distância e ações de formação técnico-profissional.

Como Usar?

A ferramenta WebAmbiente foi desenvolvida para auxiliar produtores e empresários rurais bem como profissionais das Ciências Agrárias, Florestais e Biológicas no processo de regularização ambiental. Além de importante conteúdo sobre recuperação e preservação da vegetação nativa, o sistema apresenta um “Simulador de recomposição ambiental” que permite obter recomendação personalizada para a condição especifica da área a ser recomposta, área que pode ser real ou imaginária.

Estratégias para recuperação – são apresentadas as principais técnicas de recomposição ambiental, com conceitos, resultados esperados aos 2 e 10 anos após a implantação, possíveis riscos, monitoramento e imagens relacionadas.

Espécies vegetais nativas – são apresentadas espécies nativas recomendadas para os biomas brasileiros, Cerrado, Pantanal, Caatinga, Mata Atlântica, Pampa e Amazônia, conforme a formação vegetal e a fitofisionomia. São informações sobre plantio, uso econômico, área de ocorrência, imagens e referências bibliográficas sobre as espécies.

Simulador de recomposição ambiental – trata-se de um questionário interativo sobre a situação atual da área que se pretende recuperar. Com base nas informações prestadas pelo usuário, ao final, o sistema sugere: a) as medidas mais adequadas para o controle dos fatores de degradação ambiental (aceiros, cercas, controle de invasoras e /ou de formigas, práticas de melhoria e conservação do solo, dentre outros); b) as estratégias e as espécies vegetais nativas mais adequadas para a recuperação da área em questão.

Estratégias de Recomposição

 a) Regeneração Natural sem Manejo

Consiste em deixar os processos naturais atuarem livremente. Esses locais apresentam alta densidade e diversidade de plantas nativas regenerantes, incluindo rebrotas, devido principalmente à proximidade com remanescentes de vegetação nativa, ao solo pouco compactado, e à baixa presença de espécies invasoras (ex.: gramíneas). Como o potencial de regeneração natural do local a ser recuperado é alto (identificado por levantamento), a tomada de algumas medidas como o isolamento da área por meio de cercas ou da construção/manutenção de aceiros permitirá o retorno da vegetação.

b) Regeneração Natural com manejo

Consiste em adotar ações de manejo que induzam os processos de regeneração natural. Exemplos: Controle de plantas competidoras, que pode ser químico ou mecânico, em área total ou só na coroa, controle de formigas, adubação de cobertura, plantio de enriquecimento, adensamento e nucleação.

c) Plantio em Área Total

Plantio de espécies vegetais (herbáceas, arbustivas e arbóreas), nativas ou não, por meio de sementes e/ou mudas, com uma ou mais espécies, para formação de uma comunidade vegetal. O plantio em área total pode também envolver, adicionalmente, as estratégias adensamento, enriquecimento ou nucleação como formas de acelerar a recuperação da área ao longo do tempo. A opção e a conveniência pelo uso associado das estratégias devem ser avaliadas no início e ao longo do processo de recuperação, durante a fase de monitoramento.

c) Sistemas Agroflorestais (SAFs)

SAFs para recuperação ambiental são sistemas produtivos que podem se basear na sucessão ecológica, análogos aos ecossistemas naturais, em que árvores exóticas ou nativas são consorciadas com culturas agrícolas, trepadeiras, forrageiras, arbustivas, de acordo com um arranjo espacial e temporal pré estabelecido, com alta diversidade de espécies e interações entre elas.

Acesse o WebAmbiente clicando aqui

BIBLIOGRAFIA E LINKS RELACIONADOS

WebAmbiente – https://www.webambiente.gov.br/publico/inicio.xhtml

 

 

 

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

junho 2022
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
LinkedIn
YouTube
Instagram
Menu