ClimaCuradoriaPastagemPecuária
0

Diminuição da radiação solar reduz a produtividade das pastagens

Menor incidência de luz solar pode afetar pastagens

Seja bem-vindo(a) a Newsletter da Agro Insight, um espaço de artigos autorais e curadoria sobre tecnologias, sustentabilidade e gestão para o agro.

Se você ainda não é assinante, junte-se a mais de 8 mil profissionais do Agro, consultores e produtores rurais que recebem gratuitamente conteúdos de qualidade selecionados toda semana, adicionando o seu e-mail abaixo:

(Curadoria Agro insight)

De acordo com o pesquisador José Ricardo Pezzopane, as chuvas concentradas em um período muito curto não causam muitos problemas para a pecuária, mas para culturas mais sensíveis, como a de hortaliças, por exemplo, essa concentração é prejudicial.

Segundo Pezzopane,  o gado pode ficar incomodado com excesso de lama em alguns lugares, como próximo a bebedouros e saleiros, mas sem muito estresse. No entanto, caso os dias chuvosos e a falta de sol permaneçam por um período maior, em torno de 10 a 15 dias, a pecuária será afetada. A diminuição da radiação solar reduz o potencial de produtividade das pastagens. Também, pastos em formação podem sofrer com erosão por excesso de chuva.

O crescimento e desenvolvimento das pastagens, principal alimento do rebanho bovino brasileiro, dependem da incidência luminosa.  A diminuição de luminosidade afeta o crescimento dessas plantas, o que pode ocasionar menor produtividade, refletindo na redução da oferta ou no aumento do preço de alimentos, como carne e leite.

Em janeiro, foram registrados 278 mm. A média do período é 274 mm, ou seja, as chuvas ficaram apenas 4 mm acima. De acordo com o pesquisador, foi com essa chuva dos últimos dias que a fazenda Canchim, sede da Embrapa Pecuária Sudeste, está repondo as reservas hídricas.

O ano de 2021 foi considerado o ano mais seco desde a implantação da estação meteorológica da Embrapa Pecuária Sudeste, há 30 anos. Pezzopane conta que essa seca foi uma das mais longas e severas registradas na fazenda. Além disso, o clima contou com temperaturas elevadas. Por isso, a deficiência hídrica foi maior. “É um cenário que se impõe com mais frequência, devido às mudanças climáticas”, afirma.

Foram 1002 mm no decorrer de 2021, quando a média anual é 1380 mm.

Fonte: Embrapa Notícias

BIBLIOGRAFIA E LINKS RELACIONADOS

Menor incidência de luz solar pode afetar pastagens

Se inscreva na nossa Newsletter gratuita

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags: chuvas, incidencia-de-luz, pastagens, Pecuária

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  
LinkedIn
YouTube
Instagram