Curadoria
0

Certificado de Recebíveis Agrícolas: uma nova modalidade de crédito agrícola

economia PIB rural

Seja bem-vindo(a) a Newsletter da Agro Insight, um espaço de artigos autorais e curadoria sobre tecnologias, sustentabilidade e gestão para o agro.

Se você ainda não é assinante, junte-se a mais de 8 mil profissionais do Agro, consultores e produtores rurais que recebem gratuitamente conteúdos de qualidade selecionados toda semana, adicionando o seu e-mail abaixo:

[contact-form][contact-field label=”Nome” type=”name” required=”true” /][contact-field label=”E-mail” type=”email” required=”true” /][contact-field label=”Site” type=”url” /][contact-field label=”Mensagem” type=”textarea” /][/contact-form]

(Curadoria Agro Insight)

Olá pessoal do Agro!

Na curadoria Agro Insight de hoje, trouxemos uma novidade no mercado de crédito agrícola. Trata-se da primeira emissão de CRA Verde coletivo do mundo e que está sendo realizada no Brasil.

De acordo com a matéria “Avaliada em US$ 11 milhões, primeira emissão de CRA Verde coletivo do mundo é realizada no Brasil”, realizada pela Forbes AGRO, um grupo de produtores do Centro-Oeste serão os pioneiros, em todo o mundo, em uma nova modalidade de crédito agrícola.

Trata-se de da emissão de CRA (Certificado de Recebíveis Agrícolas), com valor total de R$ 63,3 milhões. Para isso, o grupo recebeu a certificação verde após seguir os Critérios Agrícolas da Climate Bonds Initiative (CBI), organização internacional que é referência global no desenvolvimento dos critérios de rotulagem para esse tipo de transação.

Segundo a matéria da Forbes AGRO, a ação é resultado da parceria entre as empresas Produzindo Certo, a Traive e a Finance e Gaia Impacto.

O CRA Verde.Tech, tem como lastro a emissão, por parte dos produtores, de 17 CPRs (Cédulas de Produto Rural), em que estão vinculados, além de compromissos produtivos e financeiros, uma série de metas de desempenho socioambiental em suas propriedades.

Os compromissos assumidos pelos produtores permitirão a preservação de 24.667 hectares de áreas protegidas com vegetação nativa intactas – sendo 2.505 hectares de matas ciliares no entorno de 387 quilômetros de rios e 141 nascentes.

Um dos principais benefícios do CRA Verde.Tech ao produtor é a liberdade para a utilização dos recursos. Além disso, o custo final para os produtores foi inferior aos normalmente praticados no mercado.

Como funciona o CRA Verde.Tech?

  1. Produtores interessados procuram as empresas parceiras e solicitam o crédito. Suas propriedades serão avaliadas através do diagnóstico socioambiental da Produzindo Certo.
  2. O segundo passo é a análise de crédito e risco, feita de forma inteligente, rápida e desburocratizada pela Traive.
  3. Com o crédito aprovado, a operação é estruturada, com a emissão da CPR-F, que servirá de base para a emissão do CRA Verde.Tech. A Gaia é quem cuida desse processo e intermedia a negociação do CRA no mercado financeiro.
  4. Os recursos obtidos pela emissão do CRA são transferidos diretamente para a conta do produtor.

Fonte: Forbes AGRO

Se inscreva na nossa Newsletter gratuita

Espaço para parceiros do Agro aqui

Tags: CRA - Certificado de Recebíveis Agrícolas, CRA Verde.Tech, Gaia, Produzindo Certo

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  
LinkedIn
YouTube
Instagram